Blog de Produtos Digitais

Tudo para você Desenvolver, Lançar e Vender seus Produtos Digitais

10 Dicas Essenciais para suas Campanhas de Vendas

Criei meu produto digital, e agora? Como vendê-lo?

Não sei se isso acontece com você, mas é super normal com quem está iniciando com produtos digitais, acreditar que basta criar um produto digital e cadastrá-lo no Hotmart, ou qualquer outra plataforma de vendas, que as vendas ocorrerão automaticamente.

Infelizmente não é assim que acontece…

Para vender produtos digitais, seja um Curso Online, um Programa de Mentoria, um E-book, você precisa de estratégia, que contemple uma Campanha de Vendas.

Uma estratégia bastante conhecida é a Fórmula de Lançamentos, que é bastante completa e amplamente utilizada em produtos digitais, mas é apenas uma estratégia, existe uma infinidade de outras possibilidades de estratégias diferentes.

E aqui neste post, eu quero te ajudar com algumas sacadas que são fundamentais, na hora em que você for planejar e rodar suas Campanhas de Vendas.

Vamos as 10 Dicas Essenciais

Dica 1. Planeje uma Estratégia de Vendas

Planejar uma estratégia de vendas é uma das coisas mais importantes que você deve dar prioridade no lançamento do seu produto digital, na sua campanha.

Eu costumo dizer que se fôssemos colocar em percentuais, a estratégia de vendas representa 80% do resultado e sucesso do seu lançamento, e os outros 20% é o conteúdo do seu produto em si.

Pode parecer um exagero, mas depois de ter trabalhado em dezenas de projetos e lançamentos, fica evidente a importância da estratégia.

Aqui na Vender Mais Online, já vimos dezenas de casos de empreendedores que nos procuraram para consultoria, que não tinham resultado exatamente por negligenciar essa parte. Por isso recomendo fortemente, invista tempo e energia no planejamento!

Dependendo do tipo de produto, do nicho e do preço, você vai encontrar a estratégia ideal para o lançamento do seu produto digital.

 

Dica 2. Mapeie muito bem sua Persona

Talvez você esteja “careca de saber” que uma das coisas mais importantes em marketing digital é o mapeamento da persona, e aqui em campanhas de vendas de lançamentos não é diferente.

Grandes copywriters investem muito tempo em mapear com precisão a persona, isso potencializa a sua comunicação, a assertividade dos seus anúncios, das suas campanhas e principalmente aumenta as conversões e vendas.

Aqui na Vender Mais Online, priorizamos fazer pesquisa online estratégica com uma audiência de leads real, o que facilita muito, até para ter insights na modelagem do produto.

 

Dica 3. Crie as “melhores copys”

Não sei se você já percebeu isso, mas por trás de um produto digital de sucesso que vende muito, sempre existe uma ótima copy, com uma narrativa envolvente que faz toda a diferença.

A copy numa campanha de vendas é fundamental, ela está presente desde de anúncios, em landing pages, em páginas de vendas, em carta de vendas – com promessas tentadoras, com gatilhos, com senso de urgência e escassez, que instigam os leads a entrar em ação e comprar os produtos.

A copy está presente em tudo, na comunicação, nos e-mails, quebrando objeções de compra, contando histórias dentro de uma narrativa de vendas.

Invista tempo e energia em estudar copywriting, inspire-se com outros autores, analise a concorrência, e crie as melhores copys para o seu produto, que você puder – isso terá um enorme impacto nas conversões e vendas das suas campanhas.

 

Dica 4. Explore o potencial de Funis de Vendas

Já dei uma pista, que existe vida além da Fórmula de Lançamentos …

Isso mesmo… A FL é uma ótima estratégia para produtos digitais, bastante completa, mas existe diversas outras possibilidades, em especial na modalidade de Funis de Vendas.

Dependendo do seu produto e da circunstância, uma estratégia de funil pode ser uma excelente alternativa, principalmente se o preço do seu produto for até R$ 500,00. Aqui no blog, temos um outro artigo que explica as diferenças entre Fórmula de Lançamentos e Funil de Vendas.

Basicamente num funil, você vai capturar o lead, colocá-lo numa zona de engajamento, fazer a sua oferta e vender, simples assim!

Segue aqui alguns exemplos:
• Funil com sequência de e-mails + Oferta + Remarketing
• Funil de Webinário ao Vivo + Oferta + Remarketing
• Funil de Webinário Automático + Oferta + Remarketing
• Funil de Oferta Relâmpago

Uma forma fácil de pensar, é que você precisa seguir a sequência: Capturar Leads / Engajar / Ofertar / Converter e Vender.

E para finalizar essa dica, você já deve ter percebido que alguns produtos vendem mesmo sem funis, mandando tráfego direto para página de vendas, focado apenas em campanhas de performance – sim! Isto existe e funciona! Mas não para todos os produtos, dependendo do produto você irá precisar de um funil para aumentar as conversões e as vendas.

Analise quais as melhores estratégias de venda para o seu produto, e não deixe de considerar planejar, montar e rodar um Funil de Vendas para o seu produto.

 

Dica 5. Capriche numa Ótima Oferta

Deixa eu te confessar uma coisa…

Eu já comprei curso online só por causa de um bônus! Pronto falei… kkkk

Isso foi há vários anos atrás, quando eu estava no início começando a me aprofundar em marketing digital, e tinha um conteúdo específico que eu estava querendo e esse curso oferecia como bônus, e isso foi o suficiente para me motivar a comprar o produto!

Esse é o poder de uma boa oferta. Você precisa fazer o mesmo com seu produto, ter uma oferta irresistível, a ponto de deixar o lead “babando” de vontade para comprar.

Quando se fala em oferta é tudo que você está oferecendo, em troca do preço que está sendo cobrado. Inserir bônus na oferta é uma ótima estratégia para agregar valor, e poder cobrar mais caro pelo seu produto digital.

Posso te dar um exemplo bem prático, de um lançamento que fizemos. O produto foi o curso chamado “O Segredo da Montaria em Touros”, isso mesmo: um curso online de montaria em touros, inclusive tem algumas páginas desse lançamento no nosso portfólio.

E voltando ao exemplo, quando fomos procurados pelo autor para fazer esse lançamento, ele tinha a ideia de cobrar R$ 297,00 como preço de venda, e diante do trabalho de marketing que fizemos, melhorando a oferta, aumentamos esse preço para R$ 497,00.

Um produto digital com uma oferta fraca vende muito menos do que poderia vender.

Ter uma ótima oferta é a sua chance de poder cobrar mais caro ou melhorar as conversões de compra.

 

Dica 6. Explore o potencial das Redes Sociais

Certamente você já deve ter percebido que para gerar resultados no seu lançamento, você precisa de TRÁFEGO, ou seja, uma quantidade grande de pessoas (leads) para impactar com a sua comunicação, narrativa de vendas e oferta.

O resultado e o sucesso do seu lançamento, depende de TRÁFEGO, e as redes sociais podem ser uma importante fonte de tráfego para o seu lançamento, principalmente se tiver um número significativo de seguidores ou fãs.

Criar uma estratégia de conteúdo para redes sociais, seja no Instagram, no Facebook ou Youtube, pode contribuir muito para o seu lançamento.

Considere criar uma estratégia de conteúdo para redes sociais, seja no Instagram, no Facebook ou Youtube, para preparar ou fortalecer a sua narrativa de vendas que antecede a oferta.

Você pode ainda pensar fora da caixa, impulsionando posts de forma estratégica, para sua audiência, expandindo a sua comunicação e campanhas de vendas.

 

Dica 7. Não se prenda somente a “Lead barato”

Já teve a oportunidade de Gerar Leads para o seu projeto? E pagou quanto o CPL (Custo Por Lead)?

É normal de quem está começando, e ainda não tem muita experiência com tráfego pago e compra de leads, querer pagar o valor mais barato possível.

E agora eu quero te contar um segredinho, de quem já gerou centenas de milhares de leads em nichos diferentes… e isso pode salvar a sua vida, ou pelo menos salvar seu negócio online!

"Quanto mais barato o lead, mais desqualificado."

De nada adianta você gerar toneladas de leads, a preço de banana, se depois esse lead não se transforma em cliente, não compra os seus produtos. Se você focar em lead barato, ou seu produto vai converter muito menos, ou o que é pior: vai ter prejuízo, sem conseguir monetizar sua lista.

Por isso eu curto tanto a estratégia de Tripware, onde você captura o lead, e já faz uma oferta de um produto barato, logo de cara, com intuito de vender e monetizar a lista.

Além de ser uma forma super saudável de gerar leads ultra qualificados que se tornam clientes, é uma forma de escalar rápido o seu negócio.

Um lead barato pode não estar alinhado com a oferta, gerar gastos desnecessários, sem contar que vai aumentar muito o tamanho da sua lista.

Um lead qualificado, que converte, que acompanha suas mensagens e compra seus produtos, costuma ser um lead mais caro, e há várias formas de fazer essa “peneira”, essa mineração.

Utilizar funis, e a estratégia citada de Tripware, são ótimas formas de ter leads qualificados.

Se você estiver aberto a pagar um pouco mais caro pelo lead, terá a chance de obter leads mais qualificados, alinhados com suas ofertas e aptos a comprar os seus produtos.

 

Dica 8. Teste a Estratégia OTO (One Time Offer)

Você já deve ter percebido que nos dias de hoje, o mercado de produtos digitais tem ficado cada vez mais competitivo, mais profissional e muito se fala em gerar autoridade digital, criar um relacionamento com a lista antes de vender, que normalmente ocorre num funil, numa sequência de mensagens ou gerando conteúdo através de redes sociais.

E o que falar da grande maioria dos afiliados que vendem produtos digitais mandando direto para a página de vendas? Na maioria das vezes sem capturar lead, sem relacionamento, sem nada?

Bem é aí que entra a estratégia OTO (One Time Offer), ou Oferta Única. O objetivo aqui é não perder tempo, e vender o mais rápido possível, geralmente com campanhas de performance com foco em conversões e vendas.

Se você tiver uma boa oferta, uma boa narrativa de vendas, considere fazer um teste com a estratégia OTO, você pode se surpreender com os resultados e quem sabe encontrar um atalho para o caminho das vendas do seu produto!

Você pode rodar uma campanha de vendas pelo Facebook Ads, mandando direto para a página de vendas, com foco em conversões de compra (evento “purchase” nativo do Facebook). Pode ainda facilitar muito se você tiver um público semelhante de compradores (“lookalike”) e um pixel aquecido.

Veja a última dica aqui, que fala de “ROI” e “CPV”, que complementa com mais informações sobre campanhas de performance.

 

Dica 9. Faça Remarketing Sempre!

Alguma vez você já se sentiu “perseguido” por anúncios?

Você entrou num site, e depois via anúncios da oferta desse site por toda a parte: no Google, no Facebook, no Youtube, e até no Instagram?

Esse é o poder do Remarketing, de “perseguir” os leads. Por isso um tipo de campanha que não pode faltar no seu arsenal, é a Campanha de Remarketing!

As campanhas de remarketing são poderosíssimas, costumam ter uma ótima conversão, porque trazem o visitante de volta para a oferta.

Você pode e deve explorar todo o potencial do remarketing nas suas campanhas, tanto nas suas comunicações, quanto nas campanhas focadas em vendas.

Quem não usa remarketing vende menos! Deixa dinheiro na mesa!

O Facebook Ads assim como o Google Ads, oferecem pixel e scripts que você insere no seu site, e consegue marcar as pessoas e até diferenciá-las de acordo com comportamentos realizados: visita a páginas específicas, cadastro, compra, etc.

O Facebook Ads em especial, tem a inteligência do pixel, através de eventos que registram o comportamento dos visitantes, entre eles:
• visitaram o site
• visitou uma página específica do site
• iniciou uma compra
• concluiu uma compra
• fez um cadastro
• baixou um e-book
• interagiu com as postagens ou anúncios

Com isso você tem uma inteligência completa, podendo criar conversões personalizadas e públicos, para criar anúncios ultra específicos e assertivos.

Considere sempre explorar de alguma forma o Remarketing nas suas campanhas de vendas!

 

Dica 10. Em campanhas de performance foque no “ROI” e “CPV”

Lembre-se dessas duas métricas ROI (Return On Investment) e CPV (Custo Por Venda), em especial em campanhas de performance, focadas em vendas online.

Trabalhar com tráfego pago, comprando mídia, você tem que saber o que está fazendo e nortear a operação através de métricas, para não correr o risco de queimar dinheiro.

Se você vai investir comprando tráfego, você deve ter em mente o que vai vender, ter uma oferta definida, e atribuir suas metas a serem perseguidas.

Vamos pegar um exemplo de um produto que seja vendido a R$ 297,00 e você esteja disposto a trabalhar com um ROI de 100%, a cada real investido você faz o mesmo valor de lucro. Se investir R$ 1.000,00 seu objetivo é ter os mesmos R$ 1.000,00 de lucro, faturando o dobro, ou seja R$ 2.000,00 em vendas (fazendo um cálculo simples sem taxas, só para ser didático).

No caso do produto acima de R$ 297,00 , considerando o ROI de 100%, chegamos ao número do CPV (Custo Por Venda) de R$ 148,50. Em outras palavras, a cada R$ 148,50 investidos gera 1 venda, e lucra outros R$ 148,50. Entendeu?

Uma vez estipulados o ROI e o CPV, você tem condições de trabalhar campanhas de performance, essas métricas serão fundamentais para otimizar as campanhas e perseguir esses números.

O processo de otimização de campanhas consiste em criar várias campanhas com abordagens diferentes, com variedade de anúncios criativos, variedade de públicos diferentes, testar muito e analisar relatórios… as campanhas de melhor performance você mantém, e as abaixo das metas você cancela. É um processo de tentativa e erro – e aprimoramento contínuo.

Depois de otimizar já ter elegido os melhores anúncios, as campanhas vencedoras, aí então você escala aumentando o investimento e resultados.

 

Conclusão

Campanhas de Vendas é um assunto vasto, as possibilidades são inúmeras, e cabe a você explorar todo o potencial do Marketing Digital, para rodar suas campanhas e transformar em Vendas reais.

Este artigo trata de 10 Dicas, e está longe de esgotar o assunto.

 

Esse artigo foi interessante para você?

Deixe eu saber nos comentários, se te ajudou de alguma forma, o que você achou, se tem algo para acrescentar, ou se ainda discorda de algo. Será um prazer receber um comentário seu.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on whatsapp
Compartilhe por Whatsapp
Share on email
Compartilhe por E-mail
André Santos

André Santos

Fundador da Vender Mais Online, empreendedor com 15 anos dedicados a vendas online e desde 2014 venho me dedicando aos Produtos Digitais, como Coprodutor, Consultor e Mentor.

mais artigos

Preencha o Formulário abaixo para
RECEBER UMA PROPOSTA

Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?
Olá
Como podemos ajudar?